Acusado de matar a ex-companheira morre dentro do presídio


Acusado de matar a ex-companheira morre dentro do presídio

Cidade em 4 jun, 2022 11:52 Compartilhar imagem05-06-2022-01-06-09Mulher foi morta a tiros em posto de combustíveis no bairro Atalaia (Foto: redes sociais)

O homem identificado como Valfran Alves dos Santos, suspeito de matar a ex-noiva Daniela Lima Cavalcante e incendiar a própria casa, foi encontrado morto no Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho, em Aracaju, na manhã deste sábado, 4.

De acordo com o Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe) o interno foi encontrado morto por volta das 9h05min com sinais de enforcamento, uma vez que estava pendurado pela própria camisa na cela em que se estava custodiado sozinho.

Ainda segundo o Desipe, prontamente, a direção da unidade tomou todas as medidas cabíveis, acionando a equipe para prestar assistência ao suspeito, onde foi feita reanimação cardiopulmonar por cerca de 10min, sem êxito.

Ao mesmo tempo, foi acionado o SAMU, que chegou ao Compajaf às 9h48min e constatou o óbito. Em seguida, o CIOSP foi acionado para informar o ocorrido e foram tomadas todas as medidas necessárias. As 10h47min a criminalística chegou na unidade e o IML as 11h13 para recolhimento do corpo.

A prisão preventiva de Valfran havia sido decretada na tarde da sexta-feira, 3, durante audiência de custódia, realizada na Central de Plantão, no Fórum Gumersindo Bessa.

Relembre

Daniela Lima Cavalcante foi morta a tiros em um posto de combustíveis no bairro Atalaia, em Aracaju. O principal suspeito de cometer o crime é o ex-companheiro Valfran Alves dos Santos que foi localizado dentro da própria residência, que estava em chamas. Com o fogo sendo controlado pelo Corpo de Bombeiros, ele foi encontrado com um revólver calibre 38 municiado, que estava na cintura dele.

Ainda segundo a SSP, ele foi preso e encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi feito o auto de prisão em flagrante.

por Aisla Vasconcelos

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *