Pádua: o cantor apaixonado pela rainha Wanderléa e a Jovem Guarda – Imprensa 24h

imagem17-06-2022-14-06-00imagem17-06-2022-14-06-01

Antônio de Pádua Silva Andrade, conhecido artisticamente como Pádua, nasceu na capital do Rio de Janeiro, no dia 12 de dezembro de 1954. Filho de José Ferreira de Andrade e Gylca Silva Andrade.

Estudou nas escolas Cardial Câmara -em Bangu-, Oswaldo Cruz -no Realengo-, Instituto Santa Rosa –no centro da cidade- e Escola Arte e Instrução. A seguir, ingressou na faculdade de Filosofia e Português na FEUC (Fundação Educacional Unificada Campograndense) onde cursou até o 3º ano e abandonou para se dedicar à sua grande paixão: a música, à qual já se dedicava desde os sete anos de idade quando ganhou o prêmio de melhor calouro no programa Festa do Bolinha, exibido pela TV RIO canal 13, apresentado por Jair de Taumaturgo.

imagem17-06-2022-14-06-02imagem17-06-2022-14-06-03

Daí por diante, nunca mais parou. Participou de programas como: “Essa Gente Inocente”, primeira edição, com a apresentadora Elizângela, atriz, dirigido pelo diretor Wilton Franco, que ganhou o prêmio de Melhor Programa Infantil, “Eliana Super Bacana”, apresentado pela cantora e apresentadora Eliana Pittman e “Alô Brasil, Aquele Abraço” convidado pela cantora Wanderléa, na TV GLOBO.

Já conhecido como Pádua, lançou seu primeiro disco pela gravadora Tape Car, com os sucessos “Brastoque” de sua autoria e “Me Mande Dizer Qualquer Novidade” de Zé Rodrix e Renato Correia.

Passou a viajar por todo o Brasil, fazendo shows e ganhou o troféu “Buzina de Ouro”, destaque do ano de 1978, Troféu Atalaia, na rádio Atalaia em Aracaju, dentre outros. Lançou outro compacto pela mesma gravadora, o chamado Disco Music, com a música “Chegue-se Mais”, juntamente com outros cantores de destaque na época, como Gretchen, Lady Zu, Dudu França, Super Bacana, Miss Lane, Rosana, Rita Lee, Banda Black Rio, Tim Maia, e outros, Marcelo Abre coração.

Com a música “Chegue-se Mais” e “Saí Pra Recordar”, ambas de sua autoria, intensificaram-se os shows e sua participação em vários programas de TV e sendo muito tocadas em rádio, lhe renderam muitas premiações.

Sua música de maior sucesso foi “E Agora Adeus” (Pádua/Márcio Ramos) pela gravadora K-Tel Music, na década de 80. Também lançou “Tempo de Acordar” e “Madrugar” compostas em parceria com Vanderlan e participação especial de Roupa Nova, “Te Amo” e “Rock Rolando no Espaço” (Pádua e Vanderlan).

Atualmente está com “Declaração de Amor” a uma rainha chamada Wanderléa, “Jesus é só Amor”, e “Sempre Venho”, música e vídeo clip, que têm atingido muitas visualizações e estão em várias plataformas sendo que o Youtube lidera com mais visualizações. Ainda reestreou com o “Show 60: a Festa de Arromba” nos tempos da Jovem Guarda (tributo) onde homenageia todos os artistas que fizeram parte desse movimento, que considera um dos maiores movimentos de música jovem que aconteceu no Brasil. Está em cartaz, no Rio de Janeiro, pretendendo fazer uma turnê em todo o Brasil, e destaca: “Seria lindo começar pela linda Aracaju”. E ainda diz: “Aguardo convite através do Whatsapp 21964605656”. A frase que o identifica é: “Através do amor ao próximo é que conseguimos chegar a Deus”.

Segue abaixo os links pessoais do trabalho de Pádua:

https://www.facebook.com/padua.flavio https://www.facebook.com/jesusesoamor/?modal=admin_todo_tour https://www.facebook.com/CantorPadua/ https://www.facebook.com/paduaeflaviojrproducoes/ https://www.facebook.com/Padua-e-Flavio-Jr-149475088549322/ https://www.facebook.com/paduaflavio.espiritas https://www.facebook.com/padua.andrade.940 https://instagram.com/paduacantor?igshid=8c7csz3j2nvl

Escritora e Historiadora Josevânia Sobrinho Santos. Natural Japaratuba-SE. Formada em Desenho de Construção Civil pelo Instituto Federal de Sergipe, Auxiliar e Técnica de Enfermagem pelo Centro de Estudos, São Lucas, licenciada em História, pela Universidade Tiradentes, Pós graduanda em Psicanalise pela FAVENE, Presbiteriana. Atualmente funcionaria em Hospital de Cirurgia onde o trabalho vendo vidas chegando vencendo adversidades e seguindo em frente e outras vidas chegam e se encerram ali mesmo, fato que a levou a reflexão na qual criou está coluna e seus escritos biográficos. Seja bem vindo a leitura do Biografia de cada dia.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter

Relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *